CARAVANA ANTINUCLEAR PROMOVE DEBATE NA CÂMARA DE VEREADORES DE FLORESTA

No seu segundo dia de estrada a Caravana Antinuclear realizou atividades em Floresta concentrando-se na Praça João Novaes, onde foram montadas tendas de exposição de materiais informativos sobre os riscos da instalação de uma usina nuclear, mini-feira de ciências, estandes demonstrativos com orientações de militantes do Greenpeace e sobre as fontes renováveis de energia. Também foram feitas coletas de assinaturas para o abaixo assinado que será encaminhado ao governo, juntamente com a Carta de Itacuruba a ser elaborada pela Caravana até domingo.
 
Pela manhã, no auditório da Câmara de Vereadores de Floresta aconteceu o debate sobre Energia Nuclear, com a palestra do professor Heitor Scalambrini Costa. Na mesa de abertura estiveram presentes o bispo diocesano de Floresta, Dom Adriano Ciocca Vasino, o professor da Universidade Centro Americana/UCA, Antônio Sidekum, a cacique Lucélia da tribo Pankará, o índio Alexandre da tribo Pankararú, o pároco de Floresta, o pastor evangélico de Petrolândia e o representante do Movimento Ecossocialista de Pernambuco/MESPE. “A Caravana é uma oportunidade de definirmos sobre o nosso futuro, se somos contra ou a favor da instalação de uma usina nuclear em nossa região. As populações precisam ser bem informadas, para que possam atuar e exercer o protagonismo social em relação ao futuro da vida na sociedade, em especial da vida do povo sertanejo” - ressaltou o bispo de Floresta, Dom Adriano Vasino.
 
Em sua exposição na Câmara dos Vereadores de Floresta o professor Heitor Scalambrini afirmou que: “Existem caminhos diferentes para o tão desejado e pretendido progresso, com a criação de empregos e geração de renda, beneficiando mais e mais famílias. O que está na realidade ocorrendo em Pernambuco, patrocinado pelo governo estadual, é uma deliberada atração de instalações industriais com alto risco podendo ocorrer acidentes graves, que ocorrendo trazem agressões severas ao meio ambiente, e produzem emissões poluentes extremamente venenosos para a saúde pública. O que se espera de qualquer governo municipal, estadual e federal, e a preservação do meio ambiente e da saúde daqueles moradores próximos a estes empreendimentos de alto risco”.
 
Várias pessoas que estavam no plenário Câmara manifestaram suas opiniões no debate e unanimemente se pronunciaram contra a instalação da usina nuclear na região. “O que se verifica é uma irresponsabilidade com o futuro. O modelo de desenvolvimento adotado em Pernambuco tem conceitos e paradigmas do século passado, ultrapassados em relação à realidade e as exigências do século XXI. O desenvolvimento tem que ser parceiro, da preservação ambiental, e trazer conseqüências positivas na geração de empregos e renda, saúde, habitação, saneamento, educação, lazer, cultura. E não basta somente o discurso do desenvolvimento sustentável, é preciso agir como tal”, enfatizou Scalambrini.
 
No início da tarde foi realizado no Centro de Convenções da Diocese de Floresta um debate sobre a Usina Nuclear voltado para a juventude diocesana e coordenado pela representante do Projeto de Educação para uma Cultura de Paz, Maria José de Araújo, com representantes de várias localidades, estudantes, organizações comunitárias, comunidades indígenas e quilombolas da região, dentre as organizações presentes o IRPAA – Instituto Regional da Pequena Agropecuária Apropriada. A noite em Floresta foi encerrada com uma bela apresentação do espetáculo poético musical de educação ambiental Bicho Homem, que utiliza o teatro e a literatura de cordel para abordar questões ambientais e o tema da energia nuclear. Neste domingo a Caravana estará em Itacuruba e na segunda-feira em Jatobá. A Caravana Antinuclear é realizada pelo MESPE - Movimento Ecossocialista de Pernambuco, em parceria com o Projeto de Educação para uma Cultura de Paz, da Diocese de Floresta, com o apoio do Greenpeace, Cáritas Brasileira, Coordenadoria Ecumênica de Serviço-CESE e da Articulação Anti Nuclear Brasileira.

 

Contato: Heitor Scalambrini Costa – 9964.4366
Jornalista/Assessor de Imprensa: Gerson Flávio – 8649.8759 ou 7812.0080

 

Acompanhe como foi a Caravana Anti Nuclear

Belém do São Francisco

Floresta

Itacuruba

Jatobá

Agradecimentos

Exibições: 197

Comentar

Você precisa ser um membro de Movimento Ecossocialista de Pernambuco para adicionar comentários!

Entrar em Movimento Ecossocialista de Pernambuco

© 2017   Criado por Movimento Ecossocialista de PE.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço